sábado, 7 de dezembro de 2013





Confiança Total em Deus é a atitude correta fórmula para vencermos  as Intimidações
Texto Bíblico:
Depois da morte de Moisés, servo do Senhor, falou o Senhor a Josué, filho de Num, servidor de Moisés, dizendo: Moisés, meu servo, é morto; levanta-te pois agora, passa este Jordão, tu e todo este povo, para a terra que eu dou aos filhos de Israel. Todo lugar que pisar a planta do vosso pé, vo-lo dei, como eu disse a Moisés. Desde o deserto e este Líbano, até o grande rio, o rio Eufrates, toda a terra dos heteus, e até o grande mar para o poente do sol, será o vosso termo. Ninguém te poderá resistir todos os dias da tua vida. Como fui com Moisés, assim serei contigo; não te deixarei, nem te desampararei. Esforça-te, e tem bom ânimo, porque tu farás a este povo herdar a terra que jurei a seus pais lhes daria. Tão-somente esforça-te e tem mui bom ânimo, cuidando de fazer conforme toda a lei que meu servo Moisés te ordenou; não te desvies dela, nem para a direita nem para a esquerda, a fim de que sejas bem sucedido por onde quer que andares. Não se aparte da tua boca o livro desta lei, antes medita nele dia e noite, para que tenhas cuidado de fazer conforme tudo quanto nele está escrito; porque então farás prosperar o teu caminho, e serás bem sucedido. Não to mandei eu? Esforça-te, e tem bom ânimo; não te atemorizes, nem te espantes; porque o Senhor teu Deus está contigo, por onde quer que andares. Josué 1.1-9

Introdução:
A INTIMIDAÇÃO É UMA ARMA PODEROSÍSSIMA. Ela é uma das Estratégias que o adversário de nossas almas se utiliza para nos paralisar. Isto porque Ela tira da pessoa o poder de ação. A pessoa não consegue confiar em Deus e nem em si mesmo. O tímido não vai a lugar algum. O tímido está fadado ao fracasso. A Bíblia diz que nem o reino dos céus eles herdarão. Como conquistar se nos deixamos intimidar por qualquer coisinha tais como: A nossa cor, o nosso grau de estudo, a nossa idade, o tempo de espera, a nossa condição financeira, etc,.Que o Espírito Santo nos faça entender como funciona esta estratégia maligna para não sermos perdedores, mas vencedores em Cristo Jesus, nosso Senhor e Salvador.
(Ao receber de Deus esta mensagem, veio ao meu coração ministrá-la especialmente àquelas pessoas que neste ano enfrentarão o desafio de vestibulares, empregos, concursos públicos, aquisições de bens materiais, etc.)

Somos intimidados pelo Quantitativo (Um exército numerosíssimo)
Em Gênesis capítulo 14, nós temos a história dos quatro reis: Anrafel – rei de Sinear; Arioque – rei de Elasar; Quedorlaomeer – rei de Elão e Tidal – rei de Goiim, que venceram cinco reis: Bera – rei de Sodoma; Birsa – rei de Gomorra; Sinabe – rei de Admá; Semeber –rei de Zoim e o rei de Bela que é Zoar. Estes reis vencedores tomaram a Ló e a sua família e seus bens e os levaram cativos. (perderam tudo, inclusive a liberdade. Eles que não se contentavam nunca). Um dos que escapam da guerra, vai até Abrão e o informa do ocorrido. Abrão tinha motivos de sobra para deixar Ló entregue a sua própria sorte. Lembra da escola que Ló vez? Pois bem, esta é uma das conseqüências. Abrão poderia ter  se lembrado da ingratidão do sobrinho, mas não o fez. Ele sente a dor que Ló estava sentindo e entendia que o próprio fato ocorrido já estava corrigindo Ló. Ele não fica parado, entra em ação. Escolhe 318 servos ,nascidos em sua casa e convoca os seus confederados: Manre, Anes e Escol, para que fossem na captura destes reis com o firme propósito de trazer Ló e sua família de volta. A estratégia foi simples, porém eficiente. Esperou chegar a noite. Dividiu o grupo e utilizou-se do elemento chamado surpresa. Os quatro reis estavam confiantes em si mesmos. No pensar deles ninguém viria em seu encalço. Relaxaram, descuidaram-se e não vigiaram. A noite chegou e Abrão e seu mini exército caíram sobre eles de surpresa, não dando tempo deles se organizarem para batalha. Alguns tentaram fugir e provavelmente passaram por onde o rei de Sodoma estava escondido depois de ter fugido, e os perseguiu e os capturou. Foi uma vitória fantástica. Impossível aos olhos humanos, mas Deus deu vitória a Abrão. Deus ainda surpreende a Abrão: Melquisedeque, o rei de Salém sai ao encontro de Abrão levando para ele, pão e vinho, que mais lá na frente se tornaram os elementos que Jesus utilizará na instituição da Santa Ceia. Melquisedeque ainda abençoa a Abrão. “Ora, Melquisedeque, rei de Salém, trouxe pão e vinho; pois era sacerdote do Deus Altíssimo;  e abençoou a Abrão, dizendo: bendito seja Abrão pelo Deus Altíssimo, o Criador dos céus e da terra! E bendito seja o Deus Altíssimo, que entregou os teus inimigos nas tuas mãos! E Abrão deu-lhe o dízimo de tudo”.  Gênesis 14.18-20 Abrão por sua vez, entrega a Melquisedeque o dízimo de tudo, e não aceita os bens que o rei de Sodoma quer lhe ofertar. Não era uma atitude orgulhosa de Abrão. Era a atitude de quem quer glorificar a Deus em todos os seus atos. Abrão tinha a promessa de Deus que ser grandemente abençoado e acabara de receber a benção do sacerdote do Deus Altíssimo. Ele não ia trocar estas bênçãos, por dádivas humanas. Abrão queria que todos vissem que quem o abençoou e os fez prosperar foi o Deus que o tirou na sua terra natal. Abrão voltou para casa feliz da vida por tudo que Deus fizera através dele e por ele. Ló, infelizmente, não aprendeu a lição e voltou para o seu próprio caminho, voltou para Sodoma e o desastre maior, mais uma vez vai ser evitado por interferência de Abrão.
Nos dias dos juízes e dos reis de Israel, as nações que vinham fazer guerras a eles vinham em grande número, deixando-os desolados e aflitos, até que tomavam a iniciativa de buscar a Deus, que os socorria e os dava vitória.


Somos intimidados pela Estatura (O tamanho do inimigo (gigantes)
A Bíblia também relata vários episódios em que os protagonistas eram gigantes. Ao olhar para a altura destes homens, o povo perdia a fé em Deus e agiam de forma totalmente errada. Podemos ver isto acontecendo nos dias em que os doze espias enviados por Moisés a espiar a terra voltaram com os seus relatórios. Dez deles infamaram a terra por causa dos gigantes. Conseqüência, tiveram que voltar para o deserto e passar quarenta anos nele, andando em círculos. Não foram o caso de Calebe e Josué, que criam piamente que Deus os levaria a vitória, apesar do tamanho dos inimigos. Foi assim também nos dias do rei Saul, que com seu exército tremia de medo diante do gigante Golias. Mas Davi, ainda jovem, mas com profundas experiências com Deus, desafiou e venceu o gigante, porque confiou em Deus inteiramente.

Somos intimidados pelo Qualitativo (homens com qualidade superiores as nossas) (Síndrome do gafanhoto – nos sentimos bem pequenininos, indefesos, impacazes)
A Bíblia fala do exército de Jabim, comandado por Sísera, que nos dias dos juízes, Débora e Baraque tiveram que enfrentar. Baraque estava com medo, mas Débora, mulher decidida, vai a frente da batalha confiando em Deus, e o povo de Deus vence a batalha.
E Davi disse a Saul: Não desfaleça o coração de ninguém por causa dele; teu servo irá, e pelejará contra este filisteu. Saul, porém, disse a Davi: Não poderás ir contra esse filisteu para pelejar com ele, pois tu ainda és moço, e ele homem de guerra desde a sua mocidade. Então disse Davi a Saul: Teu servo apascentava as ovelhas de seu pai, e sempre que vinha um leão, ou um urso, e tomava um cordeiro do rebanho, eu saía após ele, e o matava, e lho arrancava da boca; levantando-se ele contra mim, segurava-o pela queixada, e o feria e matava. O teu servo matava tanto ao leão como ao urso; e este incircunciso filisteu será como um deles, porquanto afrontou os exércitos do Deus vivo. Disse mais Davi: O Senhor, que me livrou das garras do leão, e das garras do urso, me livrará da mão deste filisteu. Então disse Saul a Davi: Vai, e o Senhor seja contigo. E vestiu a Davi da sua própria armadura, pôs-lhe sobre a cabeça um capacete de bronze, e o vestiu de uma couraça. Davi cingiu a espada sobre a armadura e procurou em vão andar, pois não estava acostumado àquilo. Então disse Davi a Saul: Não posso andar com isto, pois não estou acostumado. E Davi tirou aquilo de sobre si. Então tomou na mão o seu cajado, escolheu do ribeiro cinco seixos lisos e pô-los no alforje de pastor que trazia, a saber, no surrão, e, tomando na mão a sua funda, foi-se chegando ao filisteu. O filisteu também vinha se aproximando de Davi, tendo a: sua frente o seu escudeiro. Quando o filisteu olhou e viu a Davi, desprezou-o, porquanto era mancebo, ruivo, e de gentil aspecto. Disse o filisteu a Davi: Sou eu algum cão, para tu vires a mim com paus? E o filisteu, pelos seus deuses, amaldiçoou a Davi. Disse mais o filisteu a Davi: Vem a mim, e eu darei a tua carne às aves do céu e às bestas do campo. Davi, porém, lhe respondeu: Tu vens a mim com espada, com lança e com escudo; mas eu venho a ti em nome do Senhor dos exércitos, o Deus dos exércitos de Israel, a quem tens afrontado. Hoje mesmo o Senhor te entregará na minha mão; ferir-te-ei, e tirar-te-ei a cabeça; os cadáveres do arraial dos filisteus darei hoje mesmo às aves do céu e às feras da terra; para que toda a terra saiba que há Deus em Israel; e para que toda esta assembléia saiba que o Senhor salva, não com espada, nem com lança; pois do Senhor é a batalha, e ele vos entregará em nossas mãos.
1 Samuel 17.32-47 O interessante é que Davi em momento algum chama Golias de gigante e sim de filisteu. (A forma como vemos as coisas é fundamental em nossas conquistas)

Meios de Comunicação ( Notícias – Cartas etc.)
O que vemos, o que lemos e o que ouvimos, poderão se tornar fatores  determinantes de nossas ações.

1.       Cuidado com os relatórios tendenciosos e exagerados: (difamação)
a.   Relatório de dez dos doze espias a Moisés (desanimador)
Ao fim de quarenta dias voltaram de espiar a terra. E, chegando, apresentaram-se a Moisés e a Arão, e a toda a congregação dos filhos de Israel, no deserto de Parã, em Cades; e deram-lhes notícias, a eles e a toda a congregação, e mostraram-lhes o fruto da terra. E, dando conta a Moisés, disseram: Fomos à terra a que nos enviaste. Ela, em verdade, mana leite e mel; e este é o seu fruto. Contudo o povo que habita nessa terra é poderoso, e as cidades são fortificadas e mui grandes. Vimos também ali os filhos de Anaque. Os amalequitas habitam na terra do Negebe; os heteus, os jebuseus e os amorreus habitam nas montanhas; e os cananeus habitam junto do mar, e ao longo do rio Jordão. Então Calebe, fazendo calar o povo perante Moisés, disse: Subamos animosamente, e apoderemo-nos dela; porque bem poderemos prevalecer contra ela. Disseram, porém, os homens que subiram com ele: Não poderemos subir contra aquele povo, porque é mais forte do que nos. Assim, perante os filhos de Israel infamaram a terra que haviam espiado, dizendo: A terra, pela qual passamos para espiá-la, é terra que devora os seus habitantes; e todo o povo que vimos nela são homens de grande estatura. Também vimos ali os nefilins, isto é, os filhos de Anaque, que são descendentes dos nefilins; éramos aos nossos olhos como gafanhotos(síndrome do gafanhoto); e assim também éramos aos seus olhos.
Números 13. 25- 33 Então toda a congregação levantou a voz e gritou; e o povo chorou naquela noite. E todos os filhos de Israel murmuraram contra Moisés e Arão; e toda a congregação lhes disse: Antes tivéssemos morrido na terra do Egito, ou tivéssemos morrido neste deserto! Números 14.1,2

2.       Cuidado com notícias que nos desestabilizam  
a.   A confissão de Raabe aos dois espias de Josué.                                   E, antes que os espias se deitassem, ela subiu ao eirado a ter com eles, e disse-lhes: Bem sei que o Senhor vos deu esta terra, e que o pavor de vós caiu sobre nós, e que todos os moradores da terra se derretem diante de vós. Porque temos ouvido que o Senhor secou as águas do Mar Vermelho diante de vós, quando saístes do Egito, e também o que fizestes aos dois reis dos amorreus, Siom e Ogue, que estavam além de Jordão, os quais destruístes totalmente. Quando ouvimos isso, derreteram-se os nossos corações, e em ninguém mais há ânimo algum, por causa da vossa presença; porque o Senhor vosso Deus é Deus em cima no céu e embaixo na terra. Josué 2.8-11
b.   As informações que Josafá recebeu sobre a grande multidão que vinha contra ele.
Depois disto sucedeu que os moabitas, e os amonitas, e com eles alguns dos meunitas vieram contra Jeosafá para lhe fazerem guerra. Vieram alguns homens dar notícia a Jeosafá, dizendo: Vem contra ti uma grande multidão de Edom, dalém do mar; e eis que já estão em Hazazom-Tamar, que é En-Gedi. Então Jeosafá teve medo, e pôs-se a buscar ao Senhor, e apregoou jejum em todo o Judá.
2 Crônicas 20.1-3

3.       Cuidado com as cartas que você recebe (nos leva as rasgar as nossas vestes).
a.   A carta que o rei Ezequias recebeu de Senaqueribe.
E o rei, ouvindo dizer acerca de Tiraca, rei da Etiópia: Eis que saiu para te fazer guerra, tornou a enviar mensageiros a Ezequias, dizendo:
Assim falareis a Ezequias, rei de Judá: Não te engane o teu Deus, em quem confias, dizendo: Jerusalém não será entregue na mão do rei da Assíria. Eis que já tens ouvido o que os reis da Assíria fizeram a todas as terras, destruindo-as totalmente; e tu serias poupado? Porventura os deuses das nações a quem meus pais destruíram, puderam livrá-las, a saber, Gozã, Harã, Rezefe, e os filhos de Eden que estavam em Telassar? Que é feito do rei de Hamate, do rei de Arpade, do rei da cidade de Sefarvaim, de Hena e de Iva? Ezequias, pois, tendo recebido a carta das mãos dos mensageiros, e tendo-a lido, subiu à casa do Senhor, e a estendeu perante o Senhor. E Ezequias orou perante o Senhor, dizendo: ó Senhor Deus de Israel, que estás assentado sobre os querubins, tu mesmo, só tu és Deus de todos os reinos da terra; tu fizeste o céu e a terra. 2 Reis  19.9-15

b.   As cartas que autorizavam Saulo a prender os cristãos
Saulo, porém, respirando ainda ameaças e mortes contra os discípulos do Senhor, dirigiu-se ao sumo sacerdote, e pediu-lhe cartas para Damasco, para as sinagogas, a fim de que, caso encontrasse alguns do Caminho, quer homens quer mulheres, os conduzisse presos a Jerusalém. Atos 9.1,2


4.       Cuidado com os recados que nos mandam.
a.   O recado de Jezabel a Elias.
Ora, Acabe fez saber a Jezabel tudo quanto Elias havia feito, e como matara à espada todos os profetas. Então Jezabel mandou um mensageiro a Elias, a dizer-lhe: Assim me façam os deuses, e outro tanto, se até amanhã a estas horas eu não fizer a tua vida como a de um deles. Quando ele viu isto, levantou-se e, para escapar com vida, se foi. E chegando a Berseba, que pertence a Judá, deixou ali o seu moço.
1 Reis 19. 1-3

5.       Cuidado com os Decretos reais (leis)
a.   Decreto de Faraó mandando as parteiras matar as crianças hebréias
Falou o rei do Egito às parteiras das hebréias, das quais uma se chamava Sifrá e a outra Puá, dizendo: Quando ajudardes no parto as hebréias, e as virdes sobre os assentos, se for filho, matá-lo-eis; mas se for filha, viverá. As parteiras, porém, temeram a Deus e não fizeram como o rei do Egito lhes ordenara, antes conservavam os meninos com vida. Êxodo 1.15-17

b.   Decreto de Nabucodonosor obrigando as pessoas adorar a sua imagem (estátua)
O rei Nabucodonozor fez uma estátua de ouro, a altura da qual era de sessenta côvados, e a sua largura de seis côvados; levantou-a no campo de Dura, na província de Babilônia. Então o rei Nabucodonozor mandou ajuntar os sátrapas, os prefeitos, os governadores, os conselheiros, os tesoureiros, os juízes, os magistrados, e todos os oficiais das províncias, para que viessem à dedicação da estátua que ele fizera levantar. Então se ajuntaram os sátrapas, os prefeitos, os governadores, os conselheiros, os tesoureiros, os juízes, os magistrados, e todos os oficiais das províncias, para a dedicação da estátua que o rei Nabucodonozor fizera levantar; e estavam todos em pé diante da imagem. E o pregoeiro clamou em alta voz: Ordena-se a vós, ó povos, nações e gentes de todas as línguas: Logo que ouvirdes o som da trombeta, da flauta, da harpa, da cítara, do saltério, da gaita de foles, e de toda a sorte de música, prostrar-vos-eis, e adorareis a imagem de ouro que o rei Nabucodonozor tem levantado. E qualquer que não se prostrar e não a adorar, será na mesma hora lançado dentro duma fornalha de fogo ardente. Daniel 3.1-6

c.   Decreto de Herodes mandando matar as crianças de dois anos para baixo.
Então Herodes, vendo que fora iludido pelos magos, irou-se grandemente e mandou matar todos os meninos de dois anos para baixo que havia em Belém, e em todos os seus arredores, segundo o tempo que com precisão inquirira dos magos. Cumpriu-se então o que fora dito pelo profeta Jeremias: Em Ramá se ouviu uma voz, lamentação e grande pranto: Raquel chorando os seus filhos, e não querendo ser consolada, porque eles já não existem. Mateus 11.16-18

Conclusão:
Selecionamos estes episódios para mostrar quão terríveis são as artimanhas, ou estratégia de Satanás. Por isso o apóstolo Paulo foi inspirado pelo Espírito Santo a escrever a carta aos Efésios em especial o capítulo 6 que trata da Armadura de Deus, tão indispensável hoje para não sermos derrotados pelas hostes espirituais da maldade nos lugares celestiais.
Finalmente, fortalecei-vos no Senhor e na força do seu poder. Revesti-vos de toda a armadura de Deus, para poderdes permanecer firmes contra as ciladas do Diabo; pois não é contra carne e sangue que temos que lutar, mas sim contra os principados, contra as potestades, conta os príncipes do mundo destas trevas, contra as hostes espirituais da iniqüidade nas regiões celestes. Portanto tomai toda a armadura de Deus, para que possais resistir no dia mau e, havendo feito tudo, permanecer firmes. Estai, pois, firmes, tendo cingidos os vossos lombos com a verdade, e vestida a couraça da justiça, e calçando os pés com a preparação do evangelho da paz, tomando, sobretudo, o escudo da fé, com o qual podereis apagar todos os dardos inflamados do Maligno. Tomai também o capacete da salvação, e a espada do Espírito, que é a palavra de Deus; com toda a oração e súplica orando em todo tempo no Espírito e, para o mesmo fim, vigiando com toda a perseverança e súplica, por todos os santos, e por mim, para que me seja dada a palavra, no abrir da minha boca, para, com intrepidez, fazer conhecido o mistério do evangelho, pelo qual sou embaixador em cadeias, para que nele eu tenha coragem para falar como devo falar. Efésios 6.10-20




Mar de Espanha 26 de Dezembro de 2012

Nenhum comentário:

Postar um comentário