quarta-feira, 3 de dezembro de 2014

ALEGRAI-VOS NO SENHOR

“ Disse-lhes mais: Ide, comei as gorduras, e bebei as doçuras, e enviai porções aos que não têm nada preparado para si; porque este dia é consagrado ao nosso Senhor. Portanto não vos entristeçais, porque a alegria do Senhor é a nossa força.”  Neemias 8.10
“ Portanto, ainda que a figueira não floresça, nem haja fruto na vide; o produto da oliveira minta, e os campos não produzam mantimento; as ovelhas da malhada sejam arrebatadas, e nos currais não haja vacas; Todavia eu me alegrarei no Senhor, exultarei no Deus de minha salvação, Jeová, o Senhor, é a minha força, e fará os meus pés como os das cervas, e me fará andar sobre as minhas alturas,”  Habacuque 3.17-19
Introdução:
Em todos os momentos e circunstâncias, quando achamos que não há mais condição ou solução, e que tudo nos é adverso, não devemos murmurar, lamentar, nem reclamar. Devemos sim, olhar para cima. Olhar para Jesus e nos alegrarmos no Senhor. A vontade soberana do Senhor Jesus é que em tudo demos graças.
“ Amaste a justiça e aborreceste a iniquidade; por isso Deus, o teu Deus te ungiu com o óleo de alegria mais que a teus companheiros.” Hebreus 1.9
         I – DEVEMOS NOS ALEGRAR NO SENHOR PORQUE:
1.     A alegria do Senhor é a nossa força.
2.     Ele nos ungiu com o óleo de alegria mais que aos nossos companheiros.
3.     Só podemos servir ao Senhor com alegria.
4.     Por causa da tua salvação. Sl 20.5a
5.     Por causa da benignidade do Senhor. Sl 31.7
6.     Assim procedem os retos de coração. Sl 32.11
7.     Temos confiado no seu santo nome. Sl 33.21
8.     Somos convidados a vir a casa do Senhor . Sl 122.1
9.     É grande o nosso galardão no céu. Mt 5.12
10.           O nosso nome está escrito no céu. Lucas 10.20
11.           Já achamos aquilo que procurávamos. Lucas15.6,9,24
12.           Temos esperança. Romanos 12.12
13.           Devemos também compartilhar esta alegria com outros. Rm 12.15
14.           Amamos ao Senhor e cremos nele, mesmo sem tê-lo visto. I Pe 1.8
15.           Somos participantes das aflições de Cristo. I Pedro 4.13

Pr Mário – Rio 09/2/1993 ( Aniversário da Oração da manhã na Matriz )


Grandes coisas fez o Senhor por nós e por isso estamos alegres
Quando o Senhor trouxe do cativeiro os que voltaram a Sião, estávamos como os que sonham. Então, a nossa boca se encheu de riso, e a nossa língua, de cânticos; então, se dizia entre as nações: Grandes coisas fez o Senhor a estes. Grandes coisas fez o Senhor por nós, e, por isso, estamos alegres. Faze-nos regressar outra vez do cativeiro, Senhor, como as correntes do Sul. Os que semeiam em lágrimas segarão com alegria. Aquele que leva a preciosa semente, andando e chorando, voltará, sem dúvida, com alegria, trazendo consigo os seus molhos. Salmos 126.3-6

Introdução:
Quando paramos para refletir com relação aos benefícios que Deus tem nos concedidos, ficamos impressionados em que tão grandes coisas o Senhor tem feito por nós. Para tal expressamos várias reações como veremos a seguir.

1. Primeira reação: Parece que estou sonhando
Custamos a acreditar que o que está acontecendo conosco é verdade. Pensamos que estamos sonhando, mas não é sonho. Deus realizou algo tremendo. O impossível para nós é sempre possível para Deus. No caso de Israel ninguém acreditava, nem mesmo os israelitas, que Deus seria capaz de tirá-los do cativeiro (Exílio babilônico) e tornar a trazê-los de volta a Jerusalém. Isto de fato aconteceu, e eles ficaram pensando que seria um sonho,, mas era pura realidade. Eles estavam de retorno a terra nata.

2. Segunda reação: A boca se encheu de riso
Ao constatar que realmente estavam livres e que não era sonho, começaram a rir. Riam de alegria. Riam de contentamento. Quem não sabia do fato ocorrido pensava que eles estavam loucos. Na verdade estavam apenas expressando o contentamento de serem livres novamente.. Tal fato se dá conosco também. Quando uma benção que aguardávamos em receber de Deus e que nos parecia impossível, nos é concedida, a nossa primeira reação é não acreditar no que estamos vendo. Ficamos como quem sonha. Depois começamos a rir sem parar, alegres com a benção recebida.

3. Terceira reação: A nossa língua se encheu de cânticos.
Assim como Israel começou a entoar hinos de louvores ao nosso Deus, como fez Mirian, Moisés, Débora, e tantos outros, pelos milagres recebidos. Nós também reagimos louvando e exaltando o nome do Senhor nosso Deus de todo o nosso coração.

4. Quarta reação; A reação dos incrédulos.
Mesmo àqueles que pensavam que não iríamos conseguir, passam a reconhecer que realmente o Senhor fez grandes coisas por nós e é por isso que estamos alegres.

5. Que grandes coisas fez o Senhor por mim e por você, ou seja,por nós para estarmos alegres?
a)   Somos Salvos na bendita pessoa do Senhor Jesus Cristo.
b)  Tivemos nos nossos pecados perdoados
c)   O nosso nome foi escrito no Livro da Vida
d)  Fez nascer-nos de novo. Transformando-nos numa nova criatura
e)   Retirou a maldição e a condenação que estava sobre nós
f)    Fez de nós reis e sacerdotes para Deus.
Estes são alguns dos inúmeros benefícios que o Senhor tem feito por nós, e por isso estamos alegres.

“Esta Mensagem foi pregada em 04/08/99 no Aniversário da Congregação do Areal.”
A alegria e a realização nos mantém saudáveis e prolongam a vida.
Ou você abre seu coração, ou algum cardiologista o fará por você!"

PASTOR JOSÉ MÁRIO DA SILVA (AD CAETÉS)

Nenhum comentário:

Postar um comentário