sexta-feira, 9 de dezembro de 2016

Primavera – Tempo de Renovação da Mente

Primavera – Tempo de Renovação da Mente
E não sede conformados com este mundo, mas sede transformados pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus. Romanos 12.2
( Nada a ver com o se reinventar dos dias atuais)

Comparando a nossa mente como um odre novo
E ninguém deita vinho novo em odres velhos; de outra sorte o vinho novo romperá os odres, e entornar-se-á o vinho, e os odres se estragarão; Mas o vinho novo deve deitar-se em odres novos, e ambos juntamente se conservarão. E ninguém tendo bebido o velho quer logo o novo, porque diz: Melhor é o velho. Lucas 5:37-39

A Nossa mente carnal é uma fortaleza
A fortaleza é uma construção crítica na mente. É uma forma de pensar erigida na tradição que não muda, não cai por si mesma. Se é uma incredulidade, ela teima em ficar ali e não dá lugar para a fé. Se é um pensamento legalista, este teima em resistir à graça e ao novo de Deus. As fortalezas mentais tornam o pensamento humano desobediente a Jesus Cristo. Então todas elas precisam ser derrubadas para darem lugar à construção do reino de Deus.

O que as fortalezas mentais provocam nas pessoas
As fortalezas mentais levam a uma inversão de valores. Considera-se de grande valor os rituais, a liturgia, as regras, os preceitos em detrimento da liberdade do Espírito e da compaixão e do perdão. As fortalezas fazem com que o espírito não tenha liberdade de expressão. Sempre vai ser uma pessoa que não glorifica, que não levanta as mãos, que não se move. Vai ser uma pessoa sem autoridade espiritual, porque na sua mente existe um acampamento inimigo, que o domina com um pensamento contrário ao que Deus pensa, e a pessoa por si mesma não se apercebe disso.

Estratégia de Satanás para resistirmos às coisas de Deus
Tornar a nossa mente  em um campo de batalha.
Infiltrando e construindo dentro da mente um território sob sua autoridade, para que dali de dentro dissemine ideias, divagações, críticas que tomam a mente no momento que a mente deveria estar meditando e absorvendo o conteúdo maravilhoso da palavra de Deus.
Na mente Satanás procura levantar fortalezas, que são argumentos fortes e pretensões audaciosas contra as coisas de Deus, tais como:
Critica ao  pregador e sua forma de pregar,
Impedir que haja o conhecimento de Deus e de suas verdades e princípios.

Estratégia que Deus nos deu para destruirmos estas fortalezas
Porque as armas da nossa milícia não são carnais, mas sim poderosas em Deus para destruição das fortalezas; Destruindo os conselhos, e toda a altivez que se levanta contra o conhecimento de Deus, e levando cativo todo o entendimento à obediência de Cristo; E estando prontos para vingar toda a desobediência, quando for cumprida a vossa obediência. 2 Coríntios 10:4-6

Mas as armas poderosas de Deus podem derrubar todas as edificações do inimigo. Podem destruir todas as formas de investida do inimigo. Essas armas podem dominar todo o campo do pensamento e entregá-lo ao governo de Cristo.
8 Quanto ao mais, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é honesto, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se há alguma virtude, e se há algum louvor, nisso pensai. Filipenses 4.8
O melhor exercício para a mente é ouvir atentamente a palavra de Deus, pensar, meditar, ler, escrever sobre a verdade, que é a Palavra de Deus. As fortalezas mentais tem que ser combatidas com atividades mentais. A mente não pode ficar vazia, senão é ocupada por uma fortaleza inimiga. Tomar posse racional e consciente da salvação. Ou seja, é preciso saber declarar a sua fé com todos o pontos. Tomar posse da fé é um exercício mental de declaração. Fazer uso da oração e do jejum direcionados como armas específicas para esse grande campo de batalha – que é a mente.

Mas que diz? A palavra está junto de ti, na tua boca e no teu coração; esta é a palavra da fé, que pregamos, A saber: Se com a tua boca confessares ao Senhor Jesus, e em teu coração creres que Deus o ressuscitou dentre os mortos, serás salvo. Visto que com o coração se crê para a justiça, e com a boca se faz confissão para a salvação. Porque a Escritura diz: Todo aquele que nele crer não será confundido. Romanos 10:8-11

Nenhum comentário:

Postar um comentário